A Bíblia, nossa fonte de Identidade e Paixão por Cristo


II Timóteo 3:6-17; 4:1-5

 Por

Iran Bernardes da Costa

A Bíblia, nossa fonte de Identidade e Paixão por Cristo

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Timóteo 3.16,17).

 

“Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino: prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina. Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas. Tu, porém, sê sóbrio em todas as cousas, suporta as aflições, faze o trabalho de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério” (II Tm. 4:1-5).

 

“Nosso Livro é a Bíblia.” “Onde a Bíblia fala, Nós falamos; Onde a Bíblia Cala, Nós Calamos”.

“A Bíblia é a única regra de fé e prática para nós, que fazemos parte da Divina Conspiração do Grão de Mostarda. Como discípulos de Jesus Cristo, nós nos submetemos a todos os seus ensinos, mandamentos e preceitos, tais como ensinados no Novo Testamento, pelo Senhor Jesus e seus apóstolos.”

“As Escrituras do Velho e Novo Testamentos são inseparavelmente ligadas, formando uma revelação perfeita e completa da vontade divina para a edificação da Igreja. Portanto, neste particular, não poderão ser separadas. Por outro lado, no que se refere direta e propriamente ao seu objeto imediato, o Novo Testamento é tão perfeito como constituição para o culto, a disciplina e o governo da Igreja e regra tão perfeita para as obrigações individuais dos seus membros, como foi o Velho Testamento para o culto, disciplina e governo para o povo de Israel.”

“Nosso livro é a Bíblia.” Deus nos deu o santo hábito de copiar as Escrituras para a ministração de palavras de afirmação; citamos a bíblia para construir a identidade de nossos filhos e para a revelação do destinos deles; a bíblia é nossa fonte da bênção para nossos jovens quando são autorizados a prosperar; é da Bíblia  que vem a inspiração dos nossos jovens em sua bravura e coragem de andarem “na contramão” do mundo quando optam pela santidade e pureza; é na Bíblia que encontramos os fundamentos para o casamento nos padrões de Deus; é com as palavras da Bíblia que recebemos nossos bebês e os dedicamos a Deus. A Bíblia é base prioritária para a inspiração e composição do nosso ministério de louvor e adoração. É pela Bíblia que existimos e nos movemos; ela é o nosso maior tesouro; ela é nossa carta de identidade e paixão.

 

A Bíblia é:

  • É o livro mais lido no mundo;
  • É o livro mais defendido
  • É o mais perseguido;
  • É o mais preservado
  • É o mais destruído
  • É o mais odiado
  • É o mais querido do mundo.

O que grandes personalidades falaram sobre a Bíblia?

(Site sobre o assunto, veja).

Abraão Lincoln

“Creio que a Bíblia é o melhor presente que Deus deu ao homem. Todo o bem, da parte do Salvador do mundo, nos é transmitido mediante este livro”.

“Acho impossível que um indivíduo contemplando o céu possa dizer que não existe um Criador.” Abraham Lincoln

 

“Senhor, minha preocupação não é se Deus está ao nosso lado; minha maior preocupação é estar ao lado de Deus, porque Deus é sempre certo.” Abraham Lincoln

“Senhor, minha preocupação não é se Deus está ao nosso lado; minha maior preocupação é estar ao lado de Deus, porque Deus é sempre certo.” Abraham Lincoln

 

“Sem a Bíblia, este mundo seria de fato um lugar triste e assustador, destituído de
qualquer faro indicativo.” Billy Graham

“Dos grandes homens do mundo, meus contemporâneos, tenho conhecido noventa e cinco, e desses, oitenta e sete foram seguidores da Bíblia. A Bíblia assinala-se por uma peculiaridade de origem. Uma distância imensurável separa-a de todos os outros livros.” W.E. Gladstone

“Impossível é governar bem o mundo sem Deus e sem a Bíblia.” George Washington

“Estude a Bíblia para ser sábio; creia na mesma para ser salvo; siga o seus ditames para ser santo.” Donald G.Barnhouse


Rui Barbosa disse acerca das Escrituras Sagradas:

“Se eu a coloco abaixo de todos os livros, ela é a que mantém todos eles, se eu a coloco no meio dos outros livros, ela é o coração desses livros, e se eu a coloco em cima dos outros livros, ela é a cabeça e autoridade de todos os livros em minha biblioteca”.

 

Citações de Rui Barbos:

”Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho” (Sl 119.105).

” Como purificará o jovem o seu caminho? Observando -o conforme a tua palavra.” (Sl 119.9).

“Seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente” (Isaías 40.8).

“A vida não tem mais que duas portas: uma de entrar, pelo nascimento; outra de sair, pela morte. Ninguém, cabendo-lhe a vez, se poderá furtar à entrada. Ninguém, desde que entrou, em lhe chegando o turno, se conseguirá evadir à saída”.

“Oração e trabalho são os recursos mais poderosos na criação moral do homem. A oração é o íntimo sublimar-se d’alma pelo contacto com Deus. O trabalho é o inteirar, o desenvolver, o apurar das energias do corpo e do espírito, mediante a ação contínua de cada um sobre si mesmo e sobre o mundo onde labutamos”.

“Por derradeiro, amigos de minha alma, por derradeiro, a última, a melhor lição da minha experiência. De quanto no mundo tenho visto, o resumo se abrange nestas sete palavras:
“Não há justiça onde não haja Deus.”

“Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima.” Louis Pasteur

“Os quatro Evangelhos, todos eles, dão-nos o retrato de uma personalidade muito definida, obrigando-nos a dizer: ‘Esse homem existiu. Isso não pode ser inventado.’” H. G. Wells

“Achar que o mundo não tem um criador é o mesmo que afirmar que um dicionário é o resultado de uma explosão numa tipografia.” Benjamin Franklin

“Nunca oro suplicando cargas mais leves, mas ombros mais fortes”. Phillips Brooks

“Do meu telescópio, eu via Deus caminhar! A maravilha, a harmonia e a organização do universo só pode ter se efetuado conforme um plano de um ser todo-poderoso e onisciente”. Isaac Newton

“Ninguém pode negar o fato de que Jesus existiu, nem que seus ensinamentos sejam belos. Ainda que alguns deles tenham sido proferidos antes, ninguém os expressou tão divinamente.” Albert Einstein

“Deus é a lei e o legislador do Universo.” Albert Einstein

Friedrich Nietzsche, chamado “o grande filósofo do ateísmo”, escreveu a um amigo sobre a pessoa de Jesus Cristo: “Eu sei que, se não O encontrar, não terei repostas para minha vida.”

E no final de sua vida, durante a qual rejeitou a Cristo, ele escreveu: “Ai daquele que não tem lar!” Friedrich Nietzsche, Ateo

“Homens de verdade vivem para Cristo” Chuck Norris (ator e empresário)

“É melhor investir quinze ou vinte dólares, hoje, comprando uma Bíblia, do que gastar cem ou cento e cinquenta dólares por hora, no escritório de um psiquiatra amanhã.” Andrew Young, colaborador do Dr. Martin Luther King

“A Bíblia e a sua leitura é a razão da supremacia do reino britânico.” Rainha Elizabeth da Inglaterra

“Eu sou o caminho, a verdade e a vida” Jesus Cristo – Mateus 14.6

“Ainda não encontrei a verdade!” Maomé, disse nos últimos dos seus dias de vida

“Que é a verdade?” Buda, disse no final de sua vida

“Arrependo-me de ter escrito a doutrina espírita” Allan Kardec, em “Les Lumières et les Ombres du Spiritualisme”trd.fr.Paris, 1883, Dentu, na pág 114.

 “Eu estava fazendo uma revolução na força da guerra…, mas lendo as páginas deste livro (a Bíblia) descobri que Cristo fez uma revolução muito maior do que eu, sem violência e destruição, fez a revolução do amor e da liberdade espiritual mediante o sangue da sua cruz.” Napoleão Bonaparte

“Ainda que não prevaleça a ótica religiosa, o evangelho é um grande manual de sobrevivência nesse planeta” Miguel Falabella, ator e diretor teatral

“A Bíblia é a minha fonte de inspiração diária. Leio desde criança. Ela me traz esclarecimento, me dá tranquilidade. É a Palavra de Deus” Kaká, atleta da seleção brasileira

“Ele foi o maior de todos os personagens históricos, aquele que teve mais significado e importância, tanto que a humanidade divide a história em a.C. e d.C.” Luiz Inácio Lula da Silva, falando sobre Jesus à revista Estampa.

Pasteur, importante médico e cientista francês, formulou assim sua opinião acerca da divindade de Jesus: “Em nome da ciência eu proclamo a Jesus Cristo como Filho de Deus. Meu senso científico, que valoriza muito a relação entre causa e efeito, compromete-me a aceitá-lo como fato. Minha necessidade de adorar encontra nele a mais plena satisfação.” Louis Pasteur.

“Oração é quando você fala com Deus; meditação é quando você escuta Deus.” Diana Robinson

“Eu quero saber como Deus criou este mundo. Eu não estou interessado neste ou naquele fenômeno, no espectro deste ou daquele elemento. Eu quero saber os pensamentos dele; o resto são detalhes.” Albert Einstein

“Eu segurei muitas coisas em minhas mãos, e eu perdi tudo; mas tudo que que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo.” Martin Luther King

“Deus tem paciência com os maus, mas não para sempre.”
Miguel de Cervantes

A Física moderna leva-nos necessariamente a Deus. Arthur Eddington

Quem procura a verdade procura Deus, ainda que não o saiba.
Edith Stein

Há dois tipos de pessoas: as que têm medo de perder Deus e as que têm medo de O encontrar. Pascal

Amar alguém significa ver essa pessoa como Deus a concebeu. Dostoievsky

É um cientista bem medíocre aquele que pretende poder passar sem fé ou sem Deus! Werner Von braun, criador dos foguetes que levaram o homem à lua

A coisa de maior extensão no mundo é o universo, a mais rápida é o pensamento, a mais sábia é o tempo e a mais cara e agradável é realizar a vontade de Deus. Tales de Mileto

O que o homem pode fazer de melhor para a sua felicidade é pôr-se em harmonia constante com Deus por meio de súplicas e orações. Platão

Se Deus não existisse, seria preciso inventá-lo. Voltaire

Deus está em toda a parte, mas o homem somente o encontra onde o busca. Textos Judaicos
“A Bíblia parece uma orquestra sinfônica, tendo o Espírito Santo como seu maestro; cada instrumento foi trazido voluntária, espontânea e criativamente para tocar suas notas exatamente como o grande maestro queria, embora nenhum dos músicos pudesse ouvir a música como um todo.” – J. I. Packer
“Eu amo a Bíblia, eu leio-a todos os dias e, quanto mais a leio tanto mais a amo. Há alguns que não gostam da Bíblia. Eu não os entendo, não compreendo tais pessoas, mas, eu a amo, amo a sua simplicidade e amo as suas repetições e reiterações da verdade. Como disse, eu leio-a quotidianamente e gosto dela cada vez mais. D. Pedro II
“Um simples cristão com a Bíblia na mão pode dizer que a maioria está errada.”  Francis Schaeffer

“A Bíblia, toda a Bíblia e nada mais do que a Bíblia, é a religião da igreja de Cristo.” C. H. Spurgeon

“A divindade de Cristo é a doutrina-chave das Escrituras. Rejeite-a, e a Bíblia tornar-se-á um amontoado de palavras sem qualquer tema que lhe dê unidade. Aceite-a, e a Bíblia tornar-se-á uma revelação compreensível e ordenada de Deus na pessoa de Jesus Cristo.” – J. Oswald Sanders

“Nossa fé é alimentada pelo que está claro nas Escrituras e testada pelo que é obscuro.” – Agostinho

“Enquanto outros livros informam e poucos reformam, só este livro transforma.”

  1. T. Pierson

    “A Bíblia é uma mina de diamantes, um colar de pérolas, a espada do espírito; um mapa pelo qual o cristão navega para a eternidade; o roteiro pelo qual anda todos os dias; o relógio pelo qual acerta sua vida; a balança com a qual pesa suas ações.” Thomas Watson

    “O cristão percebe que os dentes do tempo roem todos os livros, menos a Bíblia… Dezenove séculos de experiência a têm provado. Ela passou pelo furor da crítica que nenhum outro volume sofreu; suas verdades espirituais suportaram as chamas e saíram ilesas até do cheiro de queimado.” W. E. Sangster

    “A Bíblia é uma janela na prisão deste mundo, através da qual podemos olhar para a eternidade.” Timothy Dwight

“Quero conhecer uma coisa: o caminho para o céu… O próprio Deus dignou-se a ensinar o caminho… Ele o escreveu em um livro. Oh, dá-me esse livro! A qualquer preço, dá-me o livro de Deus!”  John Wesley

“O homem que não está preparado para prestar obediência à Palavra de Deus não é capaz nem de ouvi-la corretamente. Por isso as parábolas tornam-se janelas para algumas pessoas e muros para outras.”  J. Blanchard

“Onde a Bíblia não tem voz, não devemos ter ouvidos.”  John Trapp

“A Bíblia é entre os livros aquilo que Cristo é entre os homens.” Anônimo

“A Bíblia, como revelação de Deus, não tem a intenção de nos dar todas as informações que pudéssemos desejar nem de resolver todas as questões com as quais a alma humana vive perplexa, mas a de transmitir o suficiente para ser um guia seguro para o porto do descanso eterno.”  Albert Barnes

“Encha seu coração e sua mente com a Palavra de Deus. Memorize versículo, de modo que você possa citar a passagem corretamente quando estiver em reuniões ao ar livre ou pregando para alguma pessoa. Ao fazer isso, estará lançando sementes no coração dela, as quais serão germinadas pelo Espírito Santo. Ele será capaz de trazer à sua mente aqueles textos que você memorizou um dia. Você precisa estar ensopado com a palavra de Deus, tão cheio dela que você mesmo seja uma carta viva, conhecida e lida por todos os homens. Os crentes são fortes apenas quando a Palavra de Deus habita neles.” – Smith Wigglesworth

“A Bíblia não é somente um grande livro de referências históricas, mas é também o guia para a vida diária e por esta razão eu a respeito e amo.” Hailé Selassié

“A Bíblia não é um livro qualquer, mas sim uma Criatura Viva, com um poder que conquista tudo o que se opõe a ela.” Napoleão Bonaparte

“Livro de minha alma aqui o tenho: é a Bíblia. Não o encerro na biblioteca, entre os de estudo, conservo-o sempre à minha cabeceira, à mão. É dele que tiro o pão para a minha fome de consolo, é dele que tiro a luz nas trevas das minhas agonias.” Coelho Neto

“Não existe livro nenhum que tenha tanta variedade como a Bíblia, nenhum que tenha tanta sabedoria concentrada. Quer se trate de lei, negócios, moral, etc., quem busca orientação pode olhar dentro de suas capas e encontrar luz. ” Herbert Hoover

“O vigor da nossa vida espiritual está na proporção exacta do lugar que a Bíblia ocupa na nossa vida e nos nossos pensamentos. Faço esta declaração, solenemente, baseado na experiência de cinquenta e quatro anos.” George Müller

“Que felicidade a Bíblia proporciona àqueles que acreditam nela! Que maravilhas admiram aqueles que refletem nela! ” Napoleão Bonaparte

“Que o homem progrida quanto quiser, que todos os ramos do conhecimento humano se desenvolvam ao mais alto grau, coisa alguma substituirá a Bíblia, base de toda a cultura e de toda a educação.” Immanuel Kant

“Se souberes toda a Bíblia exteriormente e as palavras de todos os filósofos, de que serviria tudo isso sem o amor e a graça de Deus?” Tomás de Kempis

“A Bíblia ensina-nos a amar o próximo e também a amar os nossos inimigos provavelmente porque eles são, em geral, as mesmas pessoas.” Mark Twain

“A Bíblia tem sido a carta magna dos pobres e oprimidos. A raça humana não está em condições de dispensá-la.” Thomas Henry Huxley

“A Bíblia traz o selo distintivo da sua origem, e uma distância incomensurável a separa de todo competidor.” William E. Gladstone

“A alma jamais pode vaguear sem rumo, se tomar a Bíblia para lhe guiar os passos.” Napoleão Bonaparte
“A Bíblia é o instrumento mais poderoso que o pregador pode ter. Com ela falo com confiança à mais sofisticada, ou mais degradada, ou mais incrédula das pessoas.”

  1. M. S. Richards
    http://biblia.com.br/joaoferreiraalmeidarevistaatualizada/joao/joao-capitulo-3/

 

A Bíblia revela o plano da salvação, o novo nascimento João 3.1-18

1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. 2 Este, de noite, foi ter com Jesus e lhe disse: Rabi, sabemos que és Mestre vindo da parte de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. 3 A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. 4 Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, voltar ao ventre materno e nascer segunda vez? 5 Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. 6 O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito. 7 Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo. 8 O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito. 9 Então, lhe perguntou Nicodemos: Como pode suceder isto? Acudiu Jesus: 10 Tu és mestre em Israel e não compreendes estas coisas? 11 Em verdade, em verdade te digo que nós dizemos o que sabemos e testificamos o que temos visto; contudo, não aceitais o nosso testemunho. 12 Se, tratando de coisas terrenas, não me credes, como crereis, se vos falar das celestiais? 13 Ora, ninguém subiu ao céu, senão aquele que de lá desceu, a saber, o Filho do Homem [que está no céu].  14 E do modo por que Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do Homem seja levantado, 15 para que todo o que nele crê tenha a vida eterna. 16 Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 17 Porquanto Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. 18 Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.

O Novo Nascimento

Novo nascimento ou regeneração está relacionado com a conversão. Enquanto o novo nascimento é ser feito nova criatura pelo poder do Espírito Santo e pela Palavra da Verdade, a conversão é o ato em que o pecador dá meia-volta, deixando o pecado e voltando-se para Deus.

É por meio do novo nascimento que somos incluídos na família de Deus, e passamos a fazer parte do seu reino.

Não há outro meio de tornar-se discípulo de Jesus. Só pelo novo nascimento, pelo poder de Deus, pela fé em Jesus Cristo, o filho de Deus.

Por que nascer de novo?

“Ninguém é tão santo que não necessite novo nascimento; ninguém é tão pecador que o possa experimenta” (IBC).

A Bíblia afirma:

“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Romanos 3.23).

“A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (João 3.3).

“Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus” (João 3.5).

“Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo. 15 Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o ser nova criatura” (Gálatas 6.15,16).

Somente Deus pode mudar a velha natureza humana.

23 Pode, acaso, o etíope mudar a sua pele ou o leopardo, as suas manchas? Então, poderíeis fazer o bem, estando acostumados a fazer o mal (Jeremias 13.23).

O ser humano precisa nascer de novo, pois está corrompido e seu caráter, perverso, como vemos:

“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” (Jeremias 17.9).

O pecado é universal e isso requer uma mudança radical. Só Deus poder transformar o coração e dar segurança para a salvação eterna em Cristo.

A santidade de Deus exige que o ser humano seja renataus in aeternum. Veja 1 João 3.9,10:

“Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. 10 Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão”

A natureza do novo nascimento – o que não é….

  • Não é cultura religiosa.
  • Não é saber cantar os hinos da igreja
  • Não é Ir à igreja
  • Não é participar de célula
  • Não é rezar
  • Não é reforma moral nem mera mudança de hábitos
  • Não é deixar de fumar ou beber
  • Não é fazer parte de clubes de benevolência

O que é …

É uma única e poderosa operação de Deus na vida humana imputando-lhe a própria natureza divina na velha natureza humana, fazendo-a nova criatura, como afirma a Palavra, em 2 aos Coríntios 5.16,17:

“Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo”. E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”.

É receber nova vida em Cristo…

Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, – pela graça sois salvos (Efésios 1.1-5).

Os Agentes do novo nascimento são dois, a saber:

  • A Palavra de Deus

 

“Pois, segundo o seu querer, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas” (Tiago 1.18).

…”pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente” (1 Pedro 1.23).

“Ó gálatas insensatos! Quem vos fascinou a vós outros, ante cujos olhos foi Jesus Cristo exposto como crucificado? 2 Quero apenas saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé? (Gálatas 3.1,2).

  • O Espírito Santo

“Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo. O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito” (João 3.5-8).

O novo nascimento envolve duas participações, a Divina e a humana:

  • A participação divina

“Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” (João 1.11-13).

“Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança. Pois, segundo o seu querer, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas” (Tiago 1.17,18).

  • A participação humana

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome” (João 1.12).

 

“Porém que se diz? A palavra está perto de ti, na tua boca e no teu coração; isto é, a palavra da fé que pregamos. Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação. Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido. Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam coisas boas!” Romanos 10.815).

Evidências do novo nascimento

  • Estilo de vida santo
  • Repúdio ao pecado
  • Amor a Deus
  • Amor ao próximo
  • Testemunho de fé em Cristo

Regeneração ou novo nascimento é obra da soberania de Deus. Entretanto, ele nos convida a participar do processo, dando a Ele a nossa resposta, fazendo nossa boa confissão.

Deus não falha na realização de sua parte. Façamos a nossa parte agora!

A Bíblia é nossa inspiração para uma vida de relacionamento íntimo com Jesus

1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos próprios olhos, o que contemplamos, e as nossas mãos apalparam, com respeito ao Verbo da vida 2 (e a vida se manifestou, e nós a temos visto, e dela damos testemunho, e vo-la anunciamos, a vida eterna, a qual estava com o Pai e nos foi manifestada), 3 o que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, para que vós, igualmente, mantenhais comunhão conosco. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo. 4 Estas coisas, pois, vos escrevemos para que a nossa alegria seja completa. 5 Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. 6 Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. 7 Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. 8 Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. 9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. 10 Se dissermos que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.

Nosso texto acima nos dá os termos do relacionamento que o apóstolo teve com Jesus, e, creio, que também pode ser a nossa experiência pessoa. Vejamos.

  • O que era desde o princípio, o Criador;
  • o que temos ouvido, o Deus falou de várias maneiras;
  • o que temos visto com os nossos próprios olhos, o Deus invisível que se revelou
  • o que contemplamos, o que jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam” (1 Coríntios 2.9).
  • e as nossas mãos apalparam, o Deus que se fez homem;
  • com respeito ao Verbo da vida (e a vida se manifestou), o disse, “haja” e houve;
  • e nós a temos visto, a vida em Cristo que experimentamos;
  • e dela damos testemunho, da qual somos pregadores;
  • e vo-la anunciamos, da qual somos arautos;
  • A vida eterna, a que não é palavra de homem nem postulado, mas revelação;
  • A qual estava com o Pai e nos foi manifestada), a que era o próprio Pai;
  • O que temos visto e ouvido anunciamos também a vós outros, o que se manifestou com muitas e incontestáveis provas;
  • Para que vós, igualmente, mantenhais comunhão conosco, comunhão que é universal;
  • Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho, Jesus Cristo, comunhão com a Trindade santa.

Aqui temos muitas maneiras possíveis da termos comunhão com Deus, com Jesus Cristo e com o Espírito Santo.

A Bíblia é nosso padrão da Ética Cristã, a santificação

1 Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo. 2 Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. 3 E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro. 4 Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei. 5 Sabeis também que ele se manifestou para tirar os pecados, e nele não existe pecado. 6 Todo aquele que permanece nele não vive pecando; todo aquele que vive pecando não o viu, nem o conheceu. 7 Filhinhos, não vos deixeis enganar por ninguém; aquele que pratica a justiça é justo, assim como ele é justo. 8 Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo. 9 Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus. 10 Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.

…” e, uma vez libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça. Falo como homem, por causa da fraqueza da vossa carne. Assim como oferecestes os vossos membros para a escravidão da impureza e da maldade para a maldade, assim oferecei, agora, os vossos membros para servirem à justiça para a santificação” (Romanos 6.18,19).

“Agora, porém, libertados do pecado, transformados em servos de Deus, tendes o vosso fruto para a santificação e, por fim, a vida eterna; porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6.22,23)

…” porque estais inteirados de quantas instruções vos demos da parte do Senhor Jesus. Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus; e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador” … (1 Tessalonicenses 4.2-6).

É através da Bíblia que Deus confronta o homem, para a salvação ou condenação.

Sobre a Bíblia, D.L. Moody disse:

“Ou esse livro me afasta do pecado; ou o pecado me afasta desse livro!” . O salmista declara sua melhor opção: “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti” (Sl. 119:11).

A Bíblia são as palavras humanas traduzindo para nós a Palavra de Deus. Entretanto, às vezes queremos que a Bíblia seja “silenciada” em alguns pontos; ou que seja “desentendida”; ou até mesmo, “ignorada”. Exemplos:

A Bíblia fala:

Pagai a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra. A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei” (Romanos 13.7,8); contudo, eu me faço de desentendido e comprometo minhas finanças além do racional e me afogo em dívidas, o que produz muitas outras consequências desastrosas, como quebra de relacionamentos, inimizades, perda de sono, enfraquecimento de ministério, atritos familiares, desavenças conjugais, etc.

A Bíblia ordena:

“Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não cobiçarás, e, se há qualquer outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Romanos 13.9); mas mesmo assim, eu me “protejo na graça de Deus, que perdoa sem limites”, e começo a fazer pequenas concessões, permito que os desejos da carne cresçam, se transformem em paixão lasciva; ou deixo que a cobiça encha meus olhos e cedo à tentação, até me ver totalmente envolvido e amarrado com laços de alma. Minha mente fica ocupada com estes espíritos impuros e meu coração vazio de Deus.

A Bíblia declara que Deus odeia o divórcio, e Jesus afirmou que “o que Deus ajuntou, não o separe o homem”, mas eu ignoro tudo isso com meras e esfarrapadas desculpas, justificando que é melhor viver em paz separados do juntos, brigando; ou que “não temos mais atração para a vida íntima, que são muitas as incompatibilidades, então deixo-me levar até mesmo por conselheiros de mentes e corações pervertidos e judicializados, e vou ao divórcio.

Depois, para me enganar, busco o pragmatismo moderno e começo a me auto justificar e me consolar, assim: “Está tudo bem! É assim mesmo! Nada a ver! Tudo a gente supra! Não era mesmo para dar certo! Deus tem a pessoa certa pra mim!

Essa cabeça mundanizada não pode entender! Esses olhos vendados não podem ver! Esse coração de pedra não pode sentir a dor dos filhos, a vergonha que eles sofrem, o abandono que padecem; não podem avaliar a ressocialização vexatória que os filhos sofrem, a inconveniência de ter quatro avôs e quatro avós; os tios desconhecidos aparecem de uma vez, não se sabe de onde.

Esses pais irresponsáveis fingem que não sabem de tudo isso ou estão hipnotizados pelo diabo para não ter a menor empatia, nem compaixão de ver os filhos dilacerados, rasgados ao meio e jogados de casa em casa sem nunca encontrar o seu verdadeiro lar, sem o sagrado direito de crescerem e serem educados na presenças e convívio com aqueles que deveriam ser seus verdadeiros pais.

Os cristão de hoje, do mundo gospel; do triunfalismo e da prosperidade barata; do hedonismo e do niilismo são especialistas em desconversar as Escrituras Sagradas, como Jesus afirmou:

“Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus” (Mateus 22.29).

E ainda,

Também não tendes a sua palavra permanente em vós, porque não credes naquele a quem ele enviou. Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim. Contudo, não quereis vir a mim para terdes vida. Eu não aceito glória que vem dos homens” (João 5.38-41).

Deus nos exorta e nos oferece livramento e vitória

“Feliz é aquele que nas aflições continua fiel! Porque, depois de sair aprovado dessas aflições, receberá como prêmio a vida que Deus promete aos que o amam. Quando alguém for tentado, não diga: “Esta tentação vem de Deus.” Pois Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo não tenta ninguém. Mas as pessoas são tentadas quando são atraídas e enganadas pelos seus próprios maus desejos. Então esses desejos fazem com que o pecado nasça, e o pecado, quando já está maduro, produz a morte” (Tg.1:12-15).

“Portanto, não deixem que o pecado domine o corpo mortal de vocês e faça com que vocês obedeçam aos desejos pecaminosos da natureza humana. E também não entreguem nenhuma parte do corpo de vocês ao pecado, para que ele a use a fim de fazer o que é mau. Pelo contrário, como pessoas que foram trazidas da morte para a vida, entreguem-se completamente a Deus, para que ele use vocês a fim de fazerem o que é direito. O pecado não dominará vocês, pois vocês não são mais controlados pela lei, mas pela graça de Deus” (Romanos 6:12-14).

Qual deve ser nossa atitude para com a Bíblia, as Escrituras Sagradas?

Uma Interessante estória de Westwood Hills Christian Church que bem ilustra nossa atitude para a Bíblia.

O Dr. Myron J.  Taylor, um dos mais notáveis professores que tive em todos os tempos, pastor da Igreja Westwood Hills Christian, em Los Angeles, CA, tem uma estória muito interessante. Essa igreja, situada no campus da Universidade da Califórnia, é muito formal. Em todos os cultos de domingo de manhã a igreja realiza um cerimonial muito cheio de simbolismos. O pastor, acompanhado por um grupo de pessoas, todos vestidos com togas acadêmicas, saem da porta principal do templo e se dirigem até a plataforma do púlpito, onde ocupam lugar de destaque.

Um dia, uma senhora resolveu que daria à igreja um lindo presente. Era uma bíblia de púlpito. Chegou a hora de apresentar a bíblia, o que seria feito dentro daquela cerimônia. Quem levaria a bíblia até o púlpito onde seria colocada seria a Sra. Marsha Hood Tahiri. Houve um problema: a bíblia não coube no púlpito. Ela era grande demais. A parte superior do púlpito tinha as bordas altas como se fosse uma caixa, onde a bíblia deveria encaixar. Muitas ideias surgiram sobre como fazer a bíblia caber ali. Aquela senhora teve muito trabalho e ainda não consegui fazer o livro santo caber ali. Quando um lado da bíblia entrava, o outro ficava pendurado do lado de fora, e vice-versa.

Esta é uma estória que realmente aconteceu e ela nos dá uma interessante metáfora.

Às vezes a bíblia é grande demais para a igreja. A história de amor que a bíblia conta às vezes é grande demais para caber nos corações; a bíblia, às vezes apresenta um padrão moral alto demais; seus princípios e ensinos são profundos demais; seus preceitos demandam demais, e em muitos casos líderes e pregadores têm de arranjar um jeito de fazer a bíblia servir na igreja. “Corta daqui, espreme dali; encaixa aqui, sobra dali”. Faz-se da bíblia o melhor que lhes parece de acordo as circunstâncias e o soprar dos ventos dos movimentos passageiros. É isso o que muitas pessoas fazem. Quando a bíblia fala para “andar a segunda milha”, “amar os inimigos”, “perdoar setenta vezes sete”, “guardar a aliança”, “ir por todo o mundo com o Evangelho”, muitos sabem como “desconversar” a bíblia; sabem como cortar um canto, raspar uma beiradinha dali, espremer um pouquinho, e tudo fica confortável, prontos para dar um “amém” daqueles! Infelizmente é isto o que muitas igreja vem fazendo através dos séculos. Sim, fazemos a bíblia servir na igreja.

Através dos séculos é isso o que tem acontecido. Ao invés de lermos a bíblia, queremos que ela nos leia. Construímos nossas doutrinas, elaboramos nossas teologias, escrevemos nossos credos e depois esprememos a bíblia para caber dentro de tudo aquilo. Pregamos que alguns são predestinados ao céu e outros ao inferno; alguns sustentam escravatura; outros fazem distinção entre pessoas brancas e as que não são brancas; proíbem o casamento para sacerdotes; justificam  a guerra; provam que a terra é o centro do universo; predizem tempo exato para a volta do Senhor e o fim do mundo; condenam a ciência e a medicina, garantem a santificação através de um galhinho de arruda, oferecem a segurança e prosperidade através de sal grosso nos cantos da casa, e depois querem que a bíblia caiba em suas pregações. A igreja, em muitos casos, decide o que ela deve crer, e depois força a bíblia a servir em tudo aquilo. Sempre encontra-se um jeito de fazer a bíblia dizer aquilo que queremos que ela diga. A bíblia tem sido distorcida, abusada, mal entendida.

Contudo, a estória não terminou ainda. Quando o Dr. Taylor percebeu o que aquela linda bíblia estava sofrendo para caber naquele púlpito, ele teve uma nova ideia. Algo diferente teria que ser feito antes que aquela linda bíblia fosse avariada por esmagamento, mutilação, tec., ele lembrou que seu genro era um expert em artes com madeira. Rick Knier foi chamado e a ele foi entregue aquele púlpito. O artista o examinou e, para a surpresa de todos, descobriu que ele estava caindo aos pedaços, de tão apodrecido que estava. Rick redesenhou aquele púlpito e começou o trabalho. Serra aqui, lixa dali; remou os podres, substitui as partes inadequadas por peças mais espaçosas, e, finalmente dá-lhe um banho de verniz. Agora está pronto! Lindo! Preparado para receber aquela linda bíblia! Espaçoso e não aquela coisa espremida. Lá estava a bíblia, folgada, convidando a todos a ouvirem o que ela tem a dizer.

Esta estória tem muito a nos ensinar. A bíblia não é para servir na igreja, mas a igreja é que tem que servir na Bíblia. Não podemos cortar na bíblia para que caiba em nós, mas temos que ser cortados para que a bíblia, a Palavra de Deus habite em nós. Aquela bíblia não cabia naquele púlpito, mas agora o púlpito serve na bíblia.

Precisamos levar cada vez mais a sério os slogans que temos proposto: “Nosso Livro é Bíblia”; “Onde a Bíblia Fala, Nós Falamos; Onde a Bíblia Cala, Nós Calamos”.

Quando lemos a Bíblia nós estamos absorvendo a história do amor de um Deus em busca do pecador. A Bíblia não é um livro de regras mortas. Não uma bateria de textos para provar as doutrinas que escolhemos como favoritas para crer; mas é a história do amor de Deus.  É a história dos atos de Deus em favor do seu povo. A Criação, o Êxodo, a Aliança, o Exílio, a Volta do povo de Deus do Cativeiro. A Bíblia é a história de Jesus – seu nascimento, sua vida, seus ensinos, suas obras poderosas, sua morte, sua ressurreição, sua ascensão, sua volta gloriosa. Nós continuamos a contar e a interpretar esta história para que o mundo a compreenda, creia e possa ver a significância dela para a vida.

A Bíblia é a fiel história dos atos de Deus em favor da humanidade. A própria Bíblia dá a correta interpretação do seu significado. A Bíblia retrata fielmente que Jesus morreu, como morreu, por que morreu e para que morreu – em nosso lugar. A Bíblia é o fiel relato da auto revelação de Deus ao mundo. A única parte da Bíblia que pode nos tocar e produzir seus efeitos é aquela que lemos, entendemos e praticamos. A Bíblia é, ainda, o meio através do qual Deus nos confronta hoje em dia. É a voz de Deus falando conosco. Muitos fazem uma abordagem da Bíblia de forma meramente mística, supersticiosa, e sem nenhum critério de interpretação. Assim, a Bíblia não pode produzir nas pessoas os resultados para os quais ela foi inspirada e escrita, como diz Paulo: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a educação na justiça, a fim de o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2 Tm. 3:16,17).

Sem que abordemos a Bíblia da forma correta, com reverência, mediante uma interpretação adequada, e a devida aplicação em nossas vidas, a religião, que deveria ser cristã, acaba se tornando num caos teológico e numa anarquia espiritual. A Bíblia é o fiel testemunho do que Deus falou no passado, está falando hoje e falará no futuro.

Não devemos abordar a Bíblia como se fôssemos espectadores, mas como verdadeiros atores em um drama da vida real. Nós não nos sentamos para ver o que acontece; nós não apenas ajuntamos informações sobre o que está acontecendo agora. Fomos chamados para ir muito além de ser “roedores” de Bíblia; fomos chamados para fazer parte de um drama real e verdadeiro, cujo texto de roteiro é a Bíblia. Somos participantes dos eventos dirigidos por Deus. Só assim a Palavra de Deus se torna viva para nós.

Quando lemos os eventos de Deus no passado, as obras dos primeiros discípulos, os milagres, as conversões, as reconciliações registrados na Bíblia, ficamos com um forte desejo de termos participado daqueles fatos e atos poderosos de Deus. Oh, como teria sido maravilhoso se eu tivesse feito parte dos heróis da fé, de Hebreus 11! Sim, teria sido mesmo espetacular. Contudo a verdade é que Deus ainda não terminou a sua obra. Esta é a nossa hora. Nós somos daqueles que entraram na obra mais tarde, mas terão a mesma recompensa, igual à daqueles que iniciaram muito antes de nós.

Ao abordarmos a Bíblia, séria e corretamente, o Espírito Santo nos convencerá de que Deus fala conosco hoje como falou com os precursoras da fé e nos faz participantes do seu drama. Posso imaginar, o Diretor chegando para o seu elenco e distribuindo os papéis.

Nosso Diretor nesse drama foi morto. Contudo ressuscitou dos mortos e está vivo entre nós nos comandando: “Ide por todo o mundo e fazei discípulos de todas as nações”. Só quando assumimos nosso papel nesse drama é que a Bíblia se torna viva em nossa vida. As mesmas esperanças e os temores dos primeiros discípulos, passam a ser nossos também; o trabalho da igreja primitiva passa a ser nosso também. O livro dos atos de Deus ainda não foi selado. Tem gente escrevendo ainda em suas páginas. Assim como os primeiros discípulos eram o povo de Deus, também nós o somos; assim como Deus falou com eles, assim também Deus está falando conosco.

Conclusão

Temos um tocante testemunho de um grupo de cristãos prisioneiros de guerra na Segunda Guerra Mundial. Era um grupo de cristãos alemães. Alguns meses após terem sido presos, um deles, que estava para ser solto, ofereceu para levar recados e cartas para os familiares dos outros que continuariam presos. Será o que aqueles prisioneiros teriam a dizer aos seus familiares? Finalmente um deles escreveu uma carta, que dizia mais ou menos, o seguinte:

“Por favor, procurem entender que o que tem acontecido conosco aqui, tem sido verdadeiramente para o avanço do Evangelho, pois os guardas da prisão e os demais funcionários aqui têm chegado ao conhecimento do Senhor Jesus Cristo. De fato, nós aqui na prisão temos ouvido também que muitos de vocês, aí fora, têm sido muito encorajados em face da nossa prisão e têm testemunhado da Palavra de Deus com muito mais perseverança e eficácia do nunca antes. Esperamos que nós não precisemos ser envergonhados do nosso testemunho, mas que nós possamos ser mais perseverantes ainda, o suficiente, para que a influência de Cristo seja espalhada por nós, quer vivamos ou quer morramos”.

Esse prisioneiro fazia parte do Drama real. Seu papel era muito semelhante ao que aconteceu a Paulo, dois mil anos passados, como descrito em Filipenses 1:12-20.

Quero ainda, irmãos, cientificar-vos de que as coisas que me aconteceram têm, antes, contribuído para o progresso do evangelho; de maneira que as minhas cadeias, em Cristo, se tornaram conhecidas de toda a guarda pretoriana e de todos os demais; e a maioria dos irmãos, estimulados no Senhor por minhas algemas, ousam falar com mais desassombro a palavra de Deus. Alguns, efetivamente, proclamam a Cristo por inveja e porfia; outros, porém, o fazem de boa vontade; estes, por amor, sabendo que estou incumbido da defesa do evangelho; aqueles, contudo, pregam a Cristo, por discórdia, insinceramente, julgando suscitar tribulação às minhas cadeias. Todavia, que importa? Uma vez que Cristo, de qualquer modo, está sendo pregado, quer por pretexto, quer por verdade, também com isto me regozijo, sim, sempre me regozijarei. Porque estou certo de que isto mesmo, pela vossa súplica e pela provisão do Espírito de Jesus Cristo, me redundará em libertação, segundo a minha ardente expectativa e esperança de que em nada serei envergonhado; antes, com toda a ousadia, como sempre, também agora, será Cristo engrandecido no meu corpo, quer pela vida, quer pela morte. Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro.

Tal é também a nossa experiência; tal é também a nossa história. Onde a Bíblia fala, nós obedecemos; onde a Bíblia cala, de nada cogitamos!

“Ou esse livro me afasta do pecado; ou o pecado me afasta desse livro!”

O salmista declara sua melhor opção: “Guardo no coração as tuas palavras, para não pecar contra ti” (Salmo 119:11).


 

Publicado por Pr. Wilson

cumprindo a carreira que me foi proposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: